Notícias
 
Apache continua a dominar mercado de servidores Web
 
     
 

O software livre Apache continua, após seis anos de liderança, a ocupar o primeiro lugar na lista dos servidores Web mais utilizados para alojar sites, refere a edição de Novembro do estudo mensal da Netcraft. Quem também permanece no segundo lugar, mas muito distanciada, é a Microsoft e os seus produtos de software para esta área.

Assim, 60,8 por cento dos sites utilizaram o Apache em Novembro, o que representou uma subida de 0,26 por cento em relação ao mês anterior. Em termos de números brutos, mais de 21 milhões de sites foram alojados mediante o recurso a este programa gratuito.

Por seu lado, os produtos da gigante de software - abrangendo Microsoft Internet Information Server, Microsoft IIS, Microsoft IIS W, Microsoft PWS 95 e Microsoft PWS - alojaram durante este mês 28,69 dos sites da Web, segundo os dados da Netcraft. Esta percentagem representou uma redução de 0,2 por cento em comparação com Outubro. Os servidores Web são agora responsáveis pelo alojamento de mais de 10 milhões de sites.

Mas, a grande novidade está na luta pela terceira posição, onde o "novato" Zeus já ultrapassou a família de produtos iPlanet - abrangendo o iPlanet Enterprise, Netscape Enterprise, Netscape FastTrack, Netscape Commerce, Netscape Communications, Netsite Commerce e Netsite Communications. Actualmente, o Zeus detém 2,17 por cento do mercado, tendo subido 0,14 por cento em comparação com Outubro. Por seu lado, os produtos iPlanet já só detêm 1,37 por cento, registando uma subida de 0,1 por cento face ao mês passado.

O estudo da Netcraft contabilizou um ganho líquido de cerca de meio milhão de sites durante este mês, um aumento que se deveu em grande parte ao crescimento verificado em áreas fora dos Estados Unidos que contrabalançou a descida continuada verificada nesse país. Desde o início do ano, a proporção de sites alojados nos EUA desceu de 56 para 45 por cento.

De acordo com a empresa, este dado reflecte uma redução dos sites registados nas companhias de registo de domínios e o declínio do alojamento em massa financiado pela publicidade. Contudo, os autores do estudo salientam que se tem verificado uma movimentação dos sites actualmente activos para fora dos Estados Unidos à medida que os serviços de alojamento no resto do mundo se tornaram mais semelhantes aos norte-americanos.

 
     
  <voltar  
     
  18 de Julho de 2018  

 

   
 
 Desenvolvimento por VIDAMnet Dep. de Design